domingo, 17 de maio de 2009

Tomadas e plugues ao redor do mundo


O Brasil é o único país no mundo que tem planos de introduzir o sistema de plugues e tomadas domésticos no padrão internacional IEC 60906-1 para 230 V. Esta padronização surgiu no encontro da Comissão Eletrotécnica Internacional de 1986 com planos para ser adotada pelo continente europeu e outras regiões do mundo com distribuição de 230V.

read this article in English

Quando a eletricidade foi introduzida para fins domésticos era utilizada principalmente para iluminação. Na época, as companhias de distribuição de eletricidade usavam o sistema de tarifas divididas, no qual o custo da eletricidade para iluminação era mais baixo do que para outras propostas. Mas ainda assim permitiu o surgimento de eletrodomésticos portáveis (aspiradores de pó, ventiladores, e secadores de cabelos) conectados a adaptações de encaixe ao soquete de iluminação.

A primeira tomada para ser utilizada com plugues de encaixe próprios na forma de duas laminas macho em tomada fêmea, para uso em aparelhos de iluminação e utilitários de ajuda domésticos, por meio de conexão ao sistema elétrico foi inventado em 1904 por Harvey Hubbell em 1904 sob a patente U.S. Patent 774,250.

Hoje são diversos os padrões utilizados no mundo:

A (NEMA 1-15 USA 2 pontos)

B (NEMA 5-15 USA 3 pontos)

C (CEE 7/16)

D (BS546 5 A)

E (Francês)

F (CEE 7/4 "Schukostecker" ou "com aterramento")

G (BS1363 com fusivel 13 A)

H (SI 32 Israel)

I (AS-3112 Argentina / Austrália / Nova Zelândia)

I, soquetes adicionais para A, C e I (China)

J (SEV-1011 Suiça)

K (SRAF 1962/DB Dinamarca)

L (CEI 23-16 Itália)


Região | Tipo(s) de tomada e plugue | Voltagem | Frequência | Observações

Afeganistão, D, F 240 V 50 Hz voltagem pode variar de 160 a 280.
Albânia C, F 220 V 50 Hz
Argélia C, F 230 V 50 Hz
Samoa Americana A, B, F, I 120 V 60 Hz
Andorra C, F 230 V 50 Hz
Angola C 220 V 50 Hz
Anguilla A (maybe B) 110 V 60 Hz
Antígua A, B 230 V 60 Hz voltagem nos aeroportos é de 110 V.
Argentina C, I 220 V 50 Hz Positivo e negativo são invertidos para tomadas do tipo I em comparação a maioria dos outros países.
Armênia C, F 220 V 50 Hz
Aruba A, B, F 127 V 60 Hz Lago Colony 115 V.
Austrália I 230 V 50 Hz No ano 2000, as voltagens principais descritas na AS 60038 com 230 V com tolerância de +10% -6%[3]. Através da harmonização de voltagens - embora ainda haja tolerância para 240 "two-forty volts". (comumente encontrada).
Áustria C, F 230 V 50 Hz
Azerbaijão C 220 V 50 Hz
Açores C, F 220 V 50 Hz
Bahamas A, B 120 V 60 Hz junto com 50 Hz em outras áreas.
Bahrain G 230 V 50 Hz Awali 110 V, 60 Hz.
Ilhas Baleares C, F 220 V 50 Hz
Bangladesh A, C, D, G, K 220 V 50 Hz
Barbados A, B 115 V 50 Hz
Bielo-Rússia C 220 V 50 Hz
Bélgica C, E 230 V 50 Hz
Belize A, B, G 110 V e 220 V 60 Hz
Benin C, E 220 V 50 Hz
Bermuda A, B 120 V 60 Hz
Butão D, F, G, M 230 V 50 Hz
Bolívia A, C 220 V 50 Hz La Paz e Viacha 115 V.
Bonaire 127 V 50 Hz o receptáculo é uma combinação de B&C sem conector de terra.
Bósnia C, F 220 V 50 Hz
Botswana D, G, M 231 V 50 Hz
Brasil Os tipos A, B, C, I 127 V e 220 V 60 Hz estão se tornando comuns para tomadas de 220 V em áreas de 127 V. o fornecimento de duas voltagens são bastante comuns em diversas regiões brasileiras, equipamentos como secadoras de roupas, e chuveiros elétricos tendem a utilizar 220 V mesmo em áreas de 127 V. Dependendo da região as voltagens podem ser de 115 V, 127 V, ou 220 V. Os tipos A, B e C muitas vezes estão juntos (com pinos achatados ou redondos) desta forma os tipos A, B ou C podem ser usados. É importante notar que em 2009, Brasil inicia os trabalhos para a conversão ao padrão Internacional IEC 60906-1 , muito parecido com as do tipo J porem não são compatíveis.
Brunei G 240 V 50 Hz
Bulgária C, F 230 V 50 Hz
Burkina Faso C, E 220 V 50 Hz
Burundi C, E 220 V 50 Hz
Camboja A, C, G 230 V 50 Hz
Camarões C, E 220 V 50 Hz
Canada A, B 120 V 60 Hz padrão para 120 V. 240 V usadas para equipamentos tais como secadoras de roupas, ar condicionado, fornos elétricos e maquinarias. Prédios com duas redes de circuitos são comuns. As tomadas do tipo A são utilizadas somente para reformas de instalações antigas. As do tipo B em novas construções e revisão da parte elétrica. A as 20-Amp do tipo B porem, tem encaixe do tipo T é são usadas nas novas construções de instalações de cozinhas.
Ilhas Canárias C, E, F, L 220 V 50 Hz
Cabo Verde C, F 220 V 50 Hz
Ilhas Caiman A, B 120 V 60 Hz
República Centro-Africana C, E 220 V 50 Hz
Chad D, E, F 220 V 50 Hz
Channel Islands C, G 230 V 50 Hz
Chile C, L 220 V 50 Hz
China (Somente no continente Chinês) A, C, I 220 V 50 Hz A maioria das tomadas encaixam as do tipo A e I Algumas tomadas encaixam as do tipo A e C ( os buracos das tomadas tem cortes verticais no centro e encaixes circulares nos lados) desta forma podem ser usadas as do tipo A ou C. As tomadas do tipo A so encaixam plugues com pinos do mesmo tamanho – um tipo A polarizado pede um adaptador. NOTA IMPORTANTE. Qualquer que seja o tipo de tomada encontrada na China lembre-se que a voltagem será sempre de 220 volts.
Colômbia A, B 120 V 60 Hz ar condicionado de alta potência, equipamentos de restaurantes, e fornos elétricos pedem sempre por tomadas de 240 volts.
O (Código Elétrico Colombiano) trata-se essencialmente da tradução do codigo elétrico Norte Americano.
Comoros C, E 220 V 50 Hz
Congo-Brazzaville C, E 230 V 50 Hz
Congo-Kinshasa C, D 220 V 50 Hz
Ilhas Cook 240 V 50 Hz
Costa Rica A, B 120 V 60 Hz
Costa do Marfim C, E 230 V 50 Hz
Croácia C, F 230 V 50 Hz
Cuba A, B 110 V 60 Hz
Chipre G 240 V 50 Hz
República Checa C, E 230 V 50 Hz
Dinamarca C, K 230 V 50 Hz Type E is added from July 2008.[5]
Djibouti C, E 220 V 50 Hz
Dominica D, G 230 V 50 Hz
República Dominicana A, B 110 V 60 Hz
Timor Leste C, E, F, I 220 V 50 Hz
Equador A, B 120 V 60 Hz
Egito C 220 V 50 Hz
El Salvador A, B 115 V 60 Hz
Guinê Equatorial C, E 220 V 50 Hz
Eritrea C 230 V 50 Hz
Estónia C, F 230 V 50 Hz
Etiópia C, E, F, L 220 V 50 Hz
Ilhas Faroe C, K 220 V 50 Hz
Ilhas Falkland (Malvinas) G 240 V 50 Hz
Fiji I 240 V 50 Hz
Finlândia C, F 230 V 50 Hz
França C, E 230 V (antigamente 220v) 50 Hz. As tomadas do tipo C são proibidas já a mais de 10 anos.
Guiana Francesa C, D, E 220 V 50 Hz
Faixa de Gaza C, H 230 V 50 Hz (veja Israel)
Gabão C 220 V 50 Hz
Gámbia G 230 V 50 Hz
Alemanha C, F 230 V (antigamente 220v) 50 Hz Tipo F ("Schuko", abreviação de "Schutzkontakt") é o padrão.Plugues do tipo C ("Euro-Stecker") são comuns, especialmente para equipamentos de baixa potencia. Tomadas do tipo C não são comuns e existem apenas em construções antigas.
Gana D, G 230 V 50 Hz
Gibraltar G, K 240 V 50 Hz Tipo K era usada no desenvolvimento do Europort por construtores Holandeses. Porem a maioria é do tipo britânica.
Grécia C, F 230 V (antigamente 220v) 50 Hz Tipo F é o padrão para as construções novas. As do tipo C existem somente em construções antigas. Equipamentos que demandam maiores potencias utilizam as tomadas do tipo E&F.
Groenlândia C, K 220 V 50 Hz
Granada G 230 V 50 Hz
Guadalupe C, D, E 230 V 50 Hz
Guam A, B 110 V 60 Hz
Guatemala A, B 120 V 60 Hz
Guinê C, F, K 220 V 50 Hz
Guinê-Bissau C 220 V 50 Hz
Guiana A, B, D, G 240 V 60 Hz
Haiti A, B 110 V 60 Hz
Honduras A, B 110 V 60 Hz
Hong Kong G é usada em quase todos os produtos, enquanto que M é (raramente) quando a amperagem pedida é entre 13 e 15A. D já está obsoleta. 220 V 50 Hz amplamente utilizada no sistema britânico. Ocasionalmente uma tomada do tipo 'shaver' é encontrada (similar a do tipo C) em alguns banheiros que fornecem baixa corrente à alguns outros tipos de tomadas. Estas sempre são de 110 V e 220 V na mesma plataforma, ou tem uma chavinha seletora, que muitas vezes tem etiquetas com 110 V e 220 V. Este tipo de instalação dupla não é tão comum em HK como é no Reino Unido. Existe ainda uma versão 2A do tipo D, que agora está obsoleta.
Hungary C, F 230 V (antigamente 220V) 50 Hz
Islândia C, F 230 V 50 Hz
Índia C, D, M 230 V 50 Hz a voltagem padrão da Índia é 230V/50 Hz com tolerância que varia de 216V to 253V. Em alguns hotéis encontram-se receptáculos duplos para equipamentos estrangeiros fornecendo ambos 120V e 230V.
Indonésia C, F, G 127 V e 230 V 50 Hz Tipo G não é tão comum.
Iran C, F 220 V 50 Hz Tomadas do tipo C não são tão comuns e existem somente em construções mais antigas. As do tipo F são usadas em novas construções. As do tipo C são para uso em equipamentos de baixas tensões
Iraque C, D, G 230 V 50 Hz
Irlanda G usadas nas instalações normais – “Legacy systems” (raros): D e M (tal qual o Reino Unido); e do tipo F (Schuko) 230 V (antigamente 220v) 50 Hz G Tomadas e soquetes são definidos pelo NSAI I.S. 401 (Plugues) I.S. 411 (Tomadas). Tipo F ("Side Earth") plugues encontrados ocasionalmente em instalações antigas por influencia da Siemens. Tomadas do tipo ' A 'shaver' (similares a do tipo C) são muitas vezes encontradas em banheiros. Estas são quase sempre de 110 V e as de 230 V estão na mesma plataforma com uma chavinha de mudanças e/ou etiquetadas como 115 V e 230 V. as do tipo tem muitas vezes uma chavinha do tipo liga-desliga. Transformadores aterrados de 110 V são muitas vezes usados em equipamentos portáteis industriais.
Ilha de Man C, G 240 V 50 Hz
Israel C, H 230 V 50 Hz O padrão de tomadas H foram recentemente mudadas para receberem pinos arredondados, desta forma as tomadas modernas aceitam ambos tipos C e H. A dos tipo M são usadas para ar condicionados. Plugues idênticos são encontrados também nas Áreas da Autoridade Nacional Palestina.
Itália C, F, L 230 V (antigamente 220v)[6] 50 Hz
Jamaica A, B 110 V 50 Hz
JapãoA, B 100 V 50 Hz
e
60 Hz no leste do Japão 50 Hz (Tokyo, Kawasaki, Sapporo, Yokohama, e Sendai); Oeste japonês 60 Hz (Okinawa, Osaka, Kyoto, Kobe, Nagoya e Hiroshima). Nas construções antigas do Japão os soquetes não são alternados (um dos pinos é maior do que o outro para que o positivo não entre no furo do negativo). Muitos prédios não tem o pino de aterramento. As tomadas e plugues seguem o padrão Americano.
Jordânia B, C, D, F, G, J 230 V 50 Hz
Cazquistão C, E, F 220 V 50 Hz Sem um padrão oficial. A tolerância de voltagem é de 220 V ±10%. A voltagem real pode variar (normalmente 150-200 V) por causa de um sistema de fornecimento precário.
Quênia G 240 V 50 Hz
Kiribati I 240 V 50 Hz
Coréia do Norte C 220 V 50 Hz
Coréia do Sul A, B, C, F (Tipos A & B são usadas para instalações de 110-volts ou em instalações antigas. Tipos C & F são usadas para 220 Volts.) 220 V 60 Hz As do tipo F são normalmente encontradas em escritórios, aeroportos, hotéis e em algumas instalações residenciais; enquanto que as do tipo C (tipo CEE 7/17) são padronizadas para casas residenciais. A distribuição de 220 volts e feita por pólos vivos de um sistema de 110 volts (o neutro não é usado). 110 V/60 com plugues A & B (sob a influência colonial japonesa, agora não é mais usada). Algumas instalações residenciais tem transformadores para que possam usar equipamentos de 110 V importados do Japão ou dos Estados Unidos. Muitos hotéis tem somente tomadas de 220 V. porem outros hotéis tem ambas de 110 V (Tipo A ou B) e220 V (Tipo C ou F).
Kuwait C, G 240 V 50 Hz
Quirguistão C 220 V 50 Hz
Laos A, B, C, E, F 230 V 50 Hz
Letónia C, F 220 V 50 Hz
Líbano A, B, C, D, G 110 V e 200 V 50 Hz
Lesoto M 220 V 50 Hz
Libéria A, B, C, E, F 120 V e 240 V 50 Hz antes 60 Hz, agora oficialmente 50 Hz. Muitas usinas elétricas ainda distribuem em 60 Hz. A & B são usadas para 110v; C & F são usadas para 230/240v. Muito do sistema de distribuição de eletricidade foi destruído durante a Guerra civil de 1990, e o fornecimento de eletricidade está bem limitado. Fornecimentos locais podem variar e não chegar a tomada com sua voltagem real.
Líbia D, L 127 V 50 Hz Barce, Benghazi, Derna, Sebha & Tobruk 230 V.
Lituânia C, F 230 V (antigamente 220v) 50 Hz
Liechtenstein C, J 230 V 50 Hz Norma suíça, C somente na forma da CEE 7/16.
Luxemburgo C, F 230 V (antigamente 220v) 50 Hz
Macau.R. P da China D, M, G, um pequeno número de F 220 V 50 Hz Não tem um padrão oficial, todavia, no Terminal de Balsas de Hong Kong-Macau construído por portugueses antes da devolução era E & F. depois da devolução Macau adotou a G .
Macedônia C, F 220 V 50 Hz
Madagascar C, D, E, J, K 127 V e 220 V 50 Hz
Madeira C, F 220 V 50 Hz
Malaui G 230 V 50 Hz
Malásia G (M para ar condicionado e secador de roupas) 240 V 50 Hz a voltagem oficial é de 230 AC V com tolerância de +10%,-6%.Todavia o fornecimento de eletricidade seja de 240 V (exceto em Penang com 230 V), As do tipo C são muito comuns para equipamentos de áudio e vídeo. Maldives A, D, G, J, K, L 230 V 50 Hz
Mali C, E 220 V 50 Hz
Malta G 230 V 50 Hz
Martinica C, D, E 220 V 50 Hz
Mauritânia C 220 V 50 Hz
Maurício C, G 230 V 50 Hz
México A, B 127 V 60 Hz tipo B está se tornando mais comum. Voltagem pode variar legalmente aprox +/- 10% (amplitude de 114 a 140 volts). Fases divididas são encontradas e eletricistas locais podem puxar os fios para ter um fornecimento de 240V para ar condicionado, maquinas de lavar, etc.
Micronésia A, B 120 V 60 Hz
Moldávia C, F 220-230 V 50 Hz Compatível com a União Européia e o sistema da antiga União Soviética o (GOST).
Mônaco C, D, E, F 127 V e 220 V 50 Hz
Mongólia C, E 230 V 50 Hz
Montenegro C, F 220 V 50 Hz
Montserrat (Ilhas de Leeward) A, B 230 V 60 Hz
Marrocos C, E 127 V e 220 V 50 Hz conversão para 220 V em progresso.
Moçambique C, F, M 220 V 50 Hz tipo M encontrado principalmente na fronteira com a África do Sul, incluído a capital Maputo.
Mianmar / Birmânia C, D, F, G 230 V 50 Hz tipo G encontrado nos melhores hotéis. Algumas das principais cadeias de hotéis tem lojinhas com adaptadores do tipo I ou outros a venda.
Namíbia D, M 220 V 50 Hz
Nauru I 240 V 50 Hz
Nepal C, D, M 230 V 50 Hz
Netherlands C, F 230 V (antigamente 220v) 50 Hz
Antilhas Holandesas A, B, F 127 V e 220 V 50 Hz
St. Martin 120 V, 60 Hz;
Saba & St. Eustatius 110 V, 60 Hz, A, talvés B
Nova Caledônia E 220 V 50 Hz
Nova Zelândia I 230 V 50 Hz Electricity Regulations 1997 dita que a voltagem é 230 V ±6%
Nicarágua A, B 120 V 60 Hz
Níger A, B, C, D, E, F 220 V 50 Hz
Nigéria D, G 240 V 50 Hz
Noruega C, F 230 V 50 Hz IT sistema de aterramento
Okinawa A, B 100 V 60 Hz instalações militares 120 V.
Oman C, G 240 V 50 Hz Comum ocorrer variações de voltágem.
Paquistão C, D, M, G 230 V 50 Hz padrão official é 230 V / 50 Hz. Tolerância de voltágem 230 V ±5% (218 V a 242 V). Tolerância de frequência 50 Hz ±2% (49 Hz to 51 Hz) mas, com a Karachi Electric Supply Corporation (KESC) é 240 V / 50 Hz.
Tipo C e D Plugue / Tomada são comuns queimpanetos de baixa potência. Tipo M Plug / Tomada são comuns para ar condicionados e equipamentos de alta potência. Tipo G Plugue / tomada não é tão comum.
Panamá A, B 110 V 60 Hz Cidade do Panamá 120 V.
Papua Nova Guinê I 240 V 50 Hz
Paraguai C 220 V 50 Hz
Perú A, B, C 220 V 60 Hz Talara 110/220 V; Arequipa 50 Hz
Filipinas A, B 220 V 60 Hz Muitas tomadas são do tipo A, e outras do tipo B. Tomadas e interruptores são produzidos nos Estados Unidos. Algumas áreas tem fornecimento de 110V como em Baguio.
Polônia C, E 230 V 50 Hz
Portugal C, F 220 V[9] 50 Hz
Puerto Rico A, B 120 V 60 Hz
Qatar D, G 240 V 50 Hz
Ilhas Reunião E 220 V 50 Hz
Romênia C, F 230 V (antigamente 220v) 50 Hz virtualmente idêntica ao padrão Alemão. Muitas tomadas domesticas são compatíveis com o padrão do leste Europeu. ( pinos de 4.0 mm). Equipamentos industriais (Máquinas de lavar, soldar, etc.) usam fornecimento de 3 fases 380V.
Federação Russa C, F 220 V 50 Hz USSR (bem como boa parte do leste europeu) usam as tomadas do padrão GOST com pinos de 4.0 mm ao invés de pinos de 4.8 mm usados na Europa Ocidental (Schuko). Atualmente as tomadas soviéticas podem ser vistas nas casas mais velhas nos subúrbios e áreas interioranas. O padrão obsoleto de 127 V/50 Hz AC ainda é usado em vilarejos remotos. Em outras áreas já foram alteradas desde os anos setenta pelo padrão 220V. Instalações industriais usam o suprimento de 3 fases 380V.
Ruanda C, J 230 V 50 Hz
St. Kitts and Nevis A, B, D, G 110 V e 230 V 60 Hz o plugue da região é o mesmo dos Estados Unidos (2 pinos) 110-120 V
St. Lucia (Ilhas Winward) G 240 V 50 Hz
St. Vincent (Ilhas Winward) A, C, E, G, I, K 230 V 50 Hz
São Tomé e Príncipe C, F 220 V 50 Hz
Arábia Saudita A, B, F, G 127 V e 220 V 60 Hz
Senegal C, D, E, K 230 V 50 Hz
Servia C, F 220 V 50 Hz
Seychelles G 240 V 50 Hz
Serra Leoa D, G 230 V 50 Hz
Singapura G (porem o M são para ar condicionados e secadoras de roupas) 230 V 50 Hz Tipos A e C são usados para equipamentos de áudio vídeo e adaptadores são amplamente usados.
Eslováquia C, E 230 V 50 Hz
Eslovênia C, F 230 V 50 Hz de três fases 380 V AC Usados para maquinário pesado.
Somália C 220 V 50 Hz
Africa do Sul M 220 V 50 Hz Grahamstown & Port Elizabeth 250 V; também achados em King Williams Town
Espanha C, F 230 V (antigamente 220v) 50 Hz
Sri Lanka D, M, G 230 V 50 Hz Vem crescendo muito o uso do tipo G em novas contruições.Principalmente em Colombo e em hotéis de luxo.
Sudão C, D 230 V 50 Hz
Suriname C, F 127 V 60 Hz
Suazilândia M 230 V 50 Hz
Sweden C, F 230 V 50 Hz
Suíça C, J 230 V 50 Hz C somente no formato CEE 7/16.
Síria C, E, L 220 V 50 Hz
Taiti A, B, E 110 V e 220 V 60 Hz/50 Hz Ilhas Marquesas 50 Hz
Taiwan A, B 110 V 60 Hz Muitas tomadas são do tipo A. quando uma tomada é do tipo B, o aterramento não é conectado. Muitos equipamentos tem plugues do tipo A porem alguns tem plugues do tipo B. Plugues feitos nos Estados Unidos encaixam nas tomadas. Tomadas de 220V para unidades de ar condicionados.
Tajiquistão C, I 220 V 50 Hz
Tanzânia D, G 230 V 50 Hz
Tailândia A, B, C, F 220 V 50 Hz Tomadas de hotéis e construções novas são feitas para os tipos B e C as quais aceitarão plugues do tipo A, B e C enquanto que tomadas em prédios antigos são do tipo A. As do tipo F são usualmente utilizadas pro ar condicionados e equipamentos de alta potencia, fogões e fornos. Um plugue de 3 pinos que se encaixa somente nas tomadas do tipo B/C está sendo muito utilizada.
Togo C 220 V 50 Hz Lome 127 V.
Tonga I 240 V 50 Hz
Trinidad & Tobago A, B 115 V 60 Hz
Tunísia C, E 230 V 50 Hz
Turquia C, F 230 V 50 Hz
Turcomenistão B, F 220 V 50 Hz
Uganda G 240 V 50 Hz
Ucrânia C, F 220 V 50 Hz
Emirados Árabes Unidos C, D, G 220 V 50 Hz
Reino Unido G (D e M seen encontradas em construções antigas) 230 V (antigamente 240v) 50 Hz tolerância de voltagem de 230 V +10%/−6% (216.2 V á 253 V), a ser ampliada para 230 V ±10% (207 V a 253 V) em 2009. O sistema de fornecimento de eletricidade será mantido em 240v rms. Uma tomada do tipo 'shaver' (similar ao tipo C) e muitas vezes encontrada em banheiros que fornecem eletricidade a equipamentos de baixa voltagem. Elas geralmente tem uma tomada de 110 V junto com 240 V, ou uma chavinha para selecionar a voltagem, ou também tomadas etiquetadas com 115 V e 230 V. As do tipo G tem muitas vezes uma chavinha de liga e desliga. Um ponto central de 110 V aterrado é muitas vezes usado para que seja transformada a corrente em usos de equipamentos industriais e ferramentas. Plugues do tipo IEC 60309 e conectores são usados de forma industrial e em instalações residenciais. Plugues do tipo D e M são usados em teatros e estações de TV.
Estados Unidos da América A, B 120 V 60 Hz padronização de 120 V. as empresas de fornecimento de eletricidade mantém uma distribuição entre 114 e 126 V. 240 V/60 Hz usadas para equipamentos pesados, secadoras de roupas, fornos elétricos, aquecedores de água e ar condicionados. Prédios com mais de uma linha de distribuição tem 120 e240 V disponíveis. Tomadas do tipo B são agora exigidas nas novas construções. Um T-slot do tipo B é acondicionado para 20 ampere para uso um cozinhas e outras aplicações de 120 V.
Uruguay C, F, I, L 230 V (antigamente 220v) 50 Hz Tipo F está se tornando mais freqüente por causa do aumento do numero de computadores. Neutro e positivo são invertidos como no caso da Argentina.
Usbequistão C, I 220 V 50 Hz
Vanuatu I 230 V 50 Hz
Venezuela A, B 120 V 60 Hz Tipo G em casas 220V para ar condicionado e equipamentos de alta potencia.
Vietinã A, C 220 V 50 Hz Tipo A é usado por lei no Sul e no norte (seguindo o acordo da fronteira de pré-unificação 17 graus norte). As do tipo G são achadas em hotéis de luxo, principalmente aqueles construídos pelas construtoras Singapureanas e de Hong Kong. Mas as do tipo G nunca são encontradas em casas e em escritórios.
Ilhas Virgens A, B 110 V 60 Hz
Samoa Ocidental I 230 V 50 Hz
Yemen A, D, G 230 V 50 Hz
Zámbia C, D, G 230 V 50 Hz
Zimbabwe D, G 220 V 50 Hz

Um comentário:

André disse...

O padrão chinês é o mesmo padrão antigo dos condicionadores de ar?

Blemia Powered by Google

Google